: Tô Conversando...: Repaginando
Bem Vindo Amigo!

| Suscríbete vía RSS

terça-feira, 28 de outubro de 2008

Repaginando

Aproveitando o clima de mudanças em meu Blog resolvi escrever algo sobre este assunto.

Muitas vezes ficamos sentados aguardando que os céus nos enviem soluções milagrosas e isto não acontece.

Responsabilizamos os outros por falhas e desvios que nossa vida toma.Achamos que a vida é ingrata, que a grama do vizinho é mais verde, que o chefe nos persegue ou que o nosso pão sempre cai com a manteiga virada para baixo.

A pergunta seria! O que fazemos para que estas coisas mudem?

Quando não provocamos as mudanças eles ocorrem, mas, não da forma como queremos. É sempre importante que tomemos as rédeas de nossa vida para que o rumo seja o nosso.

Uma amiga casada a mais de 20 anos e trabalhando na mesma empresa por igual período, vivia sempre se queixando da mesmice e do marasmo que sua vida havia se tornado. Às vezes ela culpava o marido, outras vezes os filhos e assim a vida ia seguindo. Conversando com amigos ela percebeu que talvez o problema pudesse não ser o mundo, mas, sua atitude resignada.

Ela resolveu que aquele era o momento de mudar, não, não virou presidente de empresa e nem ganhou na loteria após estas mudanças, ela ganhou coisa muito melhor, uma vida nova.

Esta história poderia acontecer com qualquer um afinal é só ilustrativa, mas, o que vale é mostrar que cada um é senhor do seu destino. De nada vale rezar a todos os santos se você não se emprenhar.

Faça o seu exame interior e mude, altere, repagine, nós é que tornamos as dificuldades maiores do que são.

Você pode se você quiser.

4 comentários:

Rodrigo Piva disse...

Parabéns pelo artigo, Marco!
Muitas vezes só descobrimos a força que temos após uma mudança de vida forçada. Seria bom que não precisássemos disso. Só depende de nós.

Abraços

lugirão disse...

Excelente post, eu de vez em quando dou uma mudada em tudo que pode ser mudado, recentemente dei uma virada na minha vida e não me arrependo. Recomendo, bjos

Stéfanie disse...

Há algum tempo venho pensando nessas coisas. Descobri que eu posso fazer o que quiser, ser o que quiser e que não posso responsabilizar as pessoas pelas minhas atitudes. Como pode imaginar, foi um belo "tapa na cara".


É sempre bom ler textos assim... Para nos lembrar dessas pequenas coisas que fazem toda a diferença.

Abraços!

Margareth Bravo disse...

Olá amigo!

Como se diz na sabedoria oriental, "a única coisa que não muda no mundo, é a mudança!" Ela acontecerá de um jeito ou de outro, então, concordo com você, vamos à luta de mudar o que precisa ser mudado! Parabéns, um post precioso!
abraços

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

BlogPlay

Share your links easily.