: Tô Conversando...: Bretton Woods você sabe o que é?
Bem Vindo Amigo!

| Suscríbete vía RSS

quarta-feira, 21 de janeiro de 2009

Bretton Woods você sabe o que é?

Muita gente nem sonha deve estar imaginando um lugar ou alguém, mas, prometo que serei rápido e não muito chato, afinal assuntos econômicos são um porre para muitas pessoas. Bom já deu para perceber que não se trata de lugar nem pessoa.

Em 1944 enquanto ainda a guerra rolava os 45 países aliados se reuniram Mount Washington Hotel, em Bretton Woods, New Hampshire, a intenção naquela data era fazer im plano de gerenciamento economico e ditar as regras das relações comercais internacionais.

O mais interessante disto foi que todas as regras foram negociadas.

Outra negociação foi a moeda, acordou-se que a moeda base seria o dolar os aliados passariam a estar ligadas ao dólar variando numa estreita banda de +/- 1% e o dólar estaria ligado ao Ouro. Bom, ainda nesta discussão criou-se o FMI (Fundo Monetário Internacional) e o Banco Mundial.

Então lembre-se que a guerra não havia acabado, não se sabia quem venceria e os 45 países elegeram os Estados Unidos da América.

Cara, por 20 anos o acordo funcionou, mas, tudo sempre tem um, mas, os problemas começaram a surgir na década de 60. Como os americanos estavam com problemas internos para pagar suas dividas resolveram emitir mais moeda.

Binnngooo!


Os outros aliados também tiveram que emitir moeda para manter a paridade do cambio e estavam gerando inflação fantasiosa. Não bastasse isto outra coisa que explodiu foi a balança comercial em 64 o superávit era de 6,8 milhões, em 71 havia um déficit de 2,9 milhões.

Sem contar que de tanto todos emitirem moeda não havia mais o lastro do ouro, deste jeito nem todo o ouro do mundo bastaria.

Em 15 de Agosto de 1971 o presidente Nixon chutou o balde e acabou com o acordo de Bretton Woods e à convertabilidade do dólar em ouro. Os caras fecharam as bolsas por uma semana para botar a casa em dia.

De lá para cá umas coisas acabaram e outras continuaram valendo.

Bom gente, outro dia eu continuo com esta ou outra história.

7 comentários:

Francisco Castro disse...

Olá, você realmente, resumiu muito bem o acordo de Bretton Woods. A economia mundial está precisando de um novo acordo, não com as mesmas temáticas daquele da década de 1940, mas com outros parâmetros.

Abraços

joamot30 disse...

va busca seu prêmio no meu blog e divulgue ele para seu melhores amigos blogueiros

rebloggando-requeri disse...

marco, tem presente no rebloggando. bj.

Ropiva disse...

Tem um selo especial pra ti em: http://www.curiosando.com.br/01/2009/selo-especial-blog-maneiro/

Espero q goste.

Abração

Mary disse...

Olá, tudo bem!
Vim retribuir a visita e comentário feito no meu blog, seja sempre bem-vindo.
Um abraço

Lucas Fernandes disse...

Marco,

Antes de iniciar meu comentário acerca da sua lúcida análise, gostaria de agradecê-lo por seguir o Sem Fronteiras.

Bem, a Conferência de Bretton Woods, que delimitou a paridade dólar/ouro, em substituição a do ouro, usada como objeto de cotação mundial, lançou um novo tempo na história da economia e permitiu com que o capitalismo saísse da Segunda Grande Guerra fortalecido, afinal os países dos aliados contariam com ajuda em dólar, o que pesaria para os soviéticos.

Sabemos da importância deste tratado, mesmo após seu encerramento, com a paridade dólar, vigente até hoje. Mas, como disse em um recente post, creio que muitas ações devem ser tomadas e a principal delas é insuflar novos mercados a emergirem das profundezas do abandono e pensar em um novo modelo econômico - talvez dando asas à social-democracia, mescla do capitalismo com o socialismo leninista.

Ah! Parabéns pela contextualização do tratado.

Abraços.
___________________________________
http://semfronteirasnaweb.blogspot.com

blogdocatarino.com disse...

O fim do lastro das moedas em ouro fez com que a inflação fosse perpetuada, todos querem emitir mais moeda.
Vim agradecer por ter decido seguir meu blog.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

BlogPlay

Share your links easily.