: Tô Conversando...: Julho 2011
Bem Vindo Amigo!

| Suscríbete vía RSS

domingo, 31 de julho de 2011

Flórida 2011–Miami - Ocean Drive

DSC00684Até aqui visitamos muitos lugares bonitos e este é mais um entre eles, então aproveite bastante.

Se você gosta de história e coisa bonita seja bem vindo a Ocean Drive. Aqui você vaz uma viagem a
famosa art déco dos anos 20 e 30.

Outra coisa que você precisa saber é que a Ocean Drive está em South Beach.

DSC00688O fato de existir tantos prédios com este conceito se deve a Exposição Internacional de Artes Decorativas e Industriais Modernas de 1925 e o furacão de 1926 que fez um estrago gigante.

Na década de 70 a prefeitura imaginou que deveria demolir tudo para contruir prédios modernos, mas a Miami Design Preservation League (MDPL) conseguiu que South Beach fosse registrado no National Register of Historic Places.

Agora que você conhece uma pequena parte da história está preparado para curtir as atualidades da famosa Ocean Drive.

Claro que a grande atração é a praia, mas, a grande sacada em South Beach ou SoBe para os mais íntimos é andar a pé. Ou se preferir pode alugar patins ou bicicleta, pois, estacionar no local é tarefa difícil.

DSC00687Você não só pode como deve visitar a Collins Avenue e a Washington Avenue que são as duas paralelas a Ocean Drive.

Se você quer realmente saber o que é a Ocean Drive, então sente-se em um dos cafés a beira-mar e aguarde o entardecer quando gente bonita começa a desfilar e o tom pastel das construções começam a se misturar com os luminosos dos hotéis, bares e restaurantes.

Não vou dar mais dicas, para isto ofereço dois lugares maravilhosos o Viajando para Orlando e o Dicas da Gre
, em ambos os locais você estará muito bem servido.

Beijos a todos.

sábado, 30 de julho de 2011

Flórida 2011 - Miami - Little Havana

DSC00658Saímos do Parque Nacional dos Everglades mais precisamente do Everglades Safari Park em direção a Miami e fomos conhecer Little Havana, já sei, já sei nós estávamos almoçando antes noThe Pit Bar-B-Q.

Estávamos bem perto 16 milhas, 25 minutos.

Ao chegáramos o impacto foi grande, a quantidade de elevados existente é enorme, eles se cruzam, se interligam, sobem, descem, vão para direita, vão para esquerda, enfim, como é bom o velho GPS.

DSC00660Por tudo que já havia lido e visto eu imaginava algo diferente, algo mais latino e não foi isto que vi, fiquei um tanto quanto frustrado.

Talvez seja resultado da crise americana, mas, pelo menos na parte externa dos imóveis não havia nada de latino, diria até que bem parado. Vários imóveis fechados, a disposição para aluguel, passeamos por toda a rua e claro que é no mínimo curioso ver um país dentro do outro.

DSC00672Falo isto porque o idioma lá é o espanhol, não só falado, mas, escrito e visto.

As curiosidades ficam por conta das várias fábricas de charuto, das casas de umbanda, das “quitandas” e restaurantes. Claro que você sabe que está em
Miami, mas Little Havana é um país dentro de Miami.

DSC00666A maior curiosidade mesmo fica por conta da praça
Maximo Gomez Park informalmente conhecida como "Domino Park", aqui a população se encontra para divertir-se.

Como o calor estava insuportável compremos água e refrigerante e resolvemos dar uma passada na Ocean Drive que fica para o próximo post.

DSC00663Não vou dar mais dicas, para isto ofereço dois lugares maravilhosos o
Viajando para Orlando e o Dicas da Gre, em ambos os locais você estará muito bem servido.

Beijos a todos.

sexta-feira, 29 de julho de 2011

Flórida 2011 - Everglades

DSC00606Hoje vamos para o Parque Nacional dos Everglades e decidimos conhecer o local através de um dos parques que fazem o receptivo de turistas, procurei na internet e em vários fóruns e elegemos o Everglades Safari Park.

DSC00604De
Boca Raton até o parque são quase 70 milhas feitas em uma hora e vinte minutos, se você estiver em Miami vai percorrer 27 milhas em 34 minutos.
 

Pelo caminho você vai encontrar outros próximos, mas, após chegar tive a certeza de ter escolhido corretamente o local.

DSC00619Se você quiser chegar bem cedo eles oferecem café da manhã e até almoço. Se você preferir pode fazer um passeio com hora marcada, mas, aí é melhor entrar no site ver as opções e ligar.


DSC00636O parque é muito bem cuidado e preza bastante pela segurança dos visitantes, a loja é bastante interessante e também é possível comprar lembrancinhas feitas com partes de crocodilo (Alligator).

Agora vai uma informação, com a chegada do verão a Flórida fica infestada de mosquitos, agora uma dica.

DSC00645Se você for ao parque no verão vá de calça cumprida e mangas longas, mas, pode ter certeza que eles vão te pegar assim mesmo.

A quantidade de mosquitos é grande então além do aconselhado usamos muito repelente e adivinhem? Fomos destruídos da mesma forma, acho que só isso incomoda um pouco.DSC00646
 

O passeio e as informações são bastante interessantes, após o passeio acontece um “show” em que os guardas do parque alimentam os alligators chamando os meninos pelo nome.


DSC00654Se você quiser pode segurar um filhote de alligator, mas, isto vai te custar US$ 3, pagos em dinheiro na hora ao guarda.

Como já estávamos próximo ao horário do almoço e os mosquitos já estavam resolvemos ir embora e almoçar longe dali.

DSC00656Procuramos pelo GPS os restaurantes próximos e cruzamos com o guia Frommers Miami - Sul Da Flórida e as Keys, lá encontramos a indicação do The Pit Bar-B-Q que recebeu boas referencias da forma como eles defumam suas costelas e o molho barbecue (segredo de família).

DSC00650Falando de coração e pelas fotos vocês podem ver, se eu tivesse visto aquele lugar a beira da estrada eu não pararia, mas, como tínhamos uma indicação forte do do Frommers resolvemos seguir.


DSC00653Claro que optamos pela especialidade da casa, mas, enquanto esperávamos aproveitamos a entradinha, “dedos de alligator”. O que eu posso dizer é que valeu muito a dica e agora repasso a vocês.


Depois deste maravilhoso almoço partimos para Miami, fomos conhecer Little Havana, mas, isto vai ser nosso próximo post.

Não vou dar mais dicas, para isto ofereço dois lugares maravilhosos o Viajando para Orlando e o Dicas da Gre, em ambos os locais você estará muito bem servido.

Beijos a todos.

quarta-feira, 27 de julho de 2011

Flórida 2011 - Key West - Hemingway e a Volta

DSC00553Na manhã seguinte acordamos e fomos procurar um local para o café da manhã, no nosso pacote não estava incluso o café da manhã.

No inicio estava achando ruim, mas, depois foi legal procuramos um lugar típico para o nosso
breakfast.

DSC00552Como meu filho já havia visto em vários lugares a Waffle House e estava querendo ir, aproveitamos a oportunidade.

O lugar estava lotado, logo que chegamos demos sorte e liberaram uma mesa.

DSC00555Tomamos nosso típico café da manhã americano e fomos conhecer a casa de Ernest Hemingway, desta vez conseguimos parar em um parquímetro a duas quadras da casa dele. Parece que pela manhã metade do povo se manda para as praias.

DSC00575A oportunidade aqui não é só conhecer a casa de Ernest Hemingway mas, também conhecer uma casa típica em Key West. A casa e tudo que está dentro é muito bem conservada, claro que vale as histórias e o banho de cultura e para coroar a visita rola uma loja para vender os livros e lembranças do escritor.

DSC00576Como o caminho de volta é longo partimos logo na seqüência, desta vez quase náo paramos e resolvemos não almoçar o carro precisava ser abastecido e aproveitamos a loja de conveniência para nos abastecermos até a volta a Boca Raton.

DSC00595Desta vez chegamos relativamente cedo ao hotel e mais uma vez eu e meu filho aproveitamos a piscina para relaxar até o jantar.

Nosso jantar desta vez foi no
Neighborhood Sports Grille, um bar temático bem legal e diferente dos que temos no Brasil e é claro que só  por isso já vale a visita.

DSC00603Voltamos ao hotel para descansar, na manhã seguinte seria a vez do Parque Nacional dos Everglades.

Não vou dar mais dicas, para isto ofereço dois lugares maravilhosos o Viajando para Orlando e o Dicas da Gre, em ambos os locais você estará muito bem servido.

Beijos a todos.

terça-feira, 26 de julho de 2011

Flórida 2011 - Key West

DSC00489Talvez para muitos de nós Key West seja uma ilustre desconhecida, mas, ao contrario do que se possa parecer é uma ilha bastante famosa.

Vamos pontuar algumas coisas apenas para que você conheça um pouquinho e entenda porque fomos até lá.

No inicio dos anos trinta o famoso escritor americano Ernest Hemingway se mudou para a ilha com sua segunda esposa e lá escreveu diversos dos seus livros como
“Adeus às Armas”, ‘Ter e Não Ter”, “Por Quem os Sinos Dobram” “As verdes colinas da África”, “As Neves do Kilimanjaro”, entre outras.

DSC00491Hoje a casa do escritor foi transformada em um
museu
que vale a visita.

Outra atração é a proximidade de Cuba, são apenas noventa milhas e por isto temos muitos cubanos por lá.

O que me parece mais famoso mesmo é assistir o pôr-do-sol na Mallory Square.

Bom, agora vocês já sabem por que escolhemos
Key West.

DSC00486Depois de um montão de tempo no carro e muitas milhas chegamos a cidade e como já passava da hora do almoço fomos ao famoso Sloppy Joe's Key West que era freqüentado por Hemingway.

O calor era enorme, algo em torno de 99 Fahrenheit (37,22 Celsius) e o jeito foi tomar uma cerveja gelada. Antes de irmos para o hotel fizemos uma caminhada pela Duval Street que é a principal rua de Key West.

Se não fosse a presença dos carros o tempo parecia não ter passado desde Hemingway.

DSC00495Com o calor não conseguimos andar muito mesmo com o banho de cultura que a cidade propicia, uma dificuldade que você vai encontrar é a falta de vagas para estacionar, por isso fique atento, “o povo enfia a faca”. O melhor remédio se você não quer conhecer o centro a pé é alugar uma bicicleta, uma scooter ou um carrinho elétrico tipo os de golf.

Quando estava chegando a cidade parei no centro de informações para pegar um mapa e a mulher já me avisou que o pôr-do-sol era as 07꞉30pm, então fomos para o hotel pois já era 04꞉00pm.

DSC00548Ficamos hospedados no Doubletree Grand Key Resort Key West, de longe o melhor hotel de toda a viagem. Como o sol ainda ia a pino eu e meu filho resolvemos aproveitar a piscina, que na verdade mais parecia um chá de tão quente que estava.
Depois da piscina tomei um banho descansei um pouco e retornamos para o famoso pôr-do-sol.

DSC00509Como disse antes estacionar o carro é um grande problema e até me senti no Brasil, paguei US$ 10 para utilizar o estacionamento de um banco e quando retornei o “mano” americano já havia dado área, mas, vamos ao que interessa.

O caminho para a Mallory Square parece a migração das formigas para o formigueiro armazenando comida para o inverno. Enquanto se aguarda o belo espetáculo da natureza vários artistas fazem sua performance até a praça lotar.

DSC00527Durante a espera caminhamos, ouvimos música, vimos mágica, adestramente, escultura, pintura, tarot, e todas as manifestações que as pessoas por ali quisessem, aquele era o palco mais livre que se pode ter.

Realmente entendi porque o pôr-do-sol é tão famoso aqui e vocês podem acompanhar pelas fotos, acompanhamos passo a passo o cair do sol.

DSC00530Por ali mesmo na Mallory Square aproveitamos um típico e maravilhoso restaurante cubano para nosso jantar que foi o
El Meson de Pepe, o lugar é muito interessante e com boa comida, vale a visita.

Depois do jantar fizemos mais um passeio pela Duval Street, mas, com uma temperatura muito mais amena e com muito mais gente caminhando pelas ruas.

DSC00542O dia foi bem cansativo e já passava das 10꞉30pm, então resolvemos voltar para o hotel e descansar.

Não vou dar mais dicas, para isto ofereço dois lugares maravilhosos o
Viajando para Orlando e o Dicas da Gre, em ambos os locais você estará muito bem servido.

Beijos a todos.

segunda-feira, 25 de julho de 2011

Flórida 2011 - Key West - O caminho

DSC00590

Acordamos com destino de Key West, antes de qualquer coisa a estrada é maravilhosa e pode ter certeza você já a viu em muitos filmes de Hollywood.

O caminho seria de
206 milhas e quatro horas de estrada, isto se fossemos direto, mas, aproveitamos um pouco mais da Overseas Highway. No link anterior da estrada você encontra muito mais detalhes.

O visual da estrada é maravilhoso, após sair das estradas convencionais americanas você entra em uma estrada de apenas duas mãos, uma de ida e outra de volta com poucos locais de ultrapassagem.

DSC00477Então se você está pensando em conhecer
Key West evite os finais de semana, tanto para ir como voltar.

No inicio da estrada simples você desfila pela vegetação do
parque nacional dos Everglades próximo a cidade de Homestead.

De
Key Largo até Key West a paisagem muda e vemos praia dos dois lados e quando falo dos dois lados é isto mesmo, vários pontos parecem ter somente a estrada.

DSC00473O
caminho das Keys passa por꞉
- Key Largo
- Islamorada
- Marathon
- Big Pine Key
- Key West

No
caminho das Keys paramos algumas vezes para fotografar e aproveitar a beleza que a natureza criou lá.

O único arrependimento foi não ter ficado pelo menos três noites lá, mas, podemos resolver isto em uma próxima vez. A estadia lá fica para um outro post.

Não vou dar mais dicas, para isto ofereço dois lugares maravilhosos o
Viajando para Orlando e o Dicas da Gre, em ambos os locais você estará muito bem servido.

Beijos a todos.

domingo, 24 de julho de 2011

Flórida 2011– Sunrise – Sawgrass Mills

sawgrass mills - aereoDe Boca Raton até Sunrise onde está o Sawgrass Mills são apenas 25 milhas e porque escolhemos este shopping: Porque ele é o maior da Flórida e a segunda atração mais visitada perdendo somente para os parques de Orlando.

A primeira coisa que você deve fazer ao chegar no Sawgrass Mills é pegar um mapa nos centros de informação, são 350 lojas e vai ficar bastante difícil de você encontrar a loja desejada.

Aqui além do inglês e do espanhol você vai poder falar o português tranquilamente em muitas lojas, isto é fruto do lugar ser o paraíso dos brasileiros que fazem compras lá para revender no Brasil.

Se você não é um profissional das compras reserve pelo menos um dia inteiro para visitar o poderoso Sawgrass Mills, mas, se você gosta de comprar e pretender passar pela maioria das lojas aí eu acho que você vai precisar de pelo menos dois dias.

sawgrass mills - mapaComo havíamos combinado almoçar por lá fomos direto a praça de alimentação e encontramos muitas opções em uma praça de um tamanho bom, muito melhor que os outlets de
Orlando.

Nossa intenção não era fazer grandes compras para não ficar carregando bagagem por toda a viagem, nossa grande vantagem era já conhecer os outlets de
Orlando.

Outra vantagem aqui é o ar condicionado, muito diferente dos outlets de
Orlando.

Mesmo sabendo disto tudo e se preparando para não cair na armadilha, caímos.

As promoções e ofertas são muito tentadoras e não dá para resistir.

Uma apresentação que meu filho me fez lá no
Sawgrass Mills foi à loja Game Stop que nos acompanhou por toda viagem. Nesta loja você encontra jogos e equipamentos novos e também usados, entre novos e usados meu filho trouxe doze jogos.

Para que vocês possam ter uma idéia de preço o jogo mais barato usado e revisado de Xbox que meu filho trouxe custou US$ 7,99 mais os 6% de imposto da
Flórida. Se você vai viajar e quer comprar jogos procure por estas lojas, uma dica é escrever gamestop no PI (pontos de interesse) do seu GPS e logo aparecerá uma loja próxima de você.

Flanigan'sBom o que posso dizer é boas compras.

Voltamos para
Boca Raton e nossa noite terminou no Flanigan's Seafood Bar and Grill, com boa comida e bebida gelada vale a visita.

Não vou dar mais dicas, para isto ofereço dois lugares maravilhosos o
Viajando para Orlando e o Dicas da Gre, em ambos os locais você estará muito bem servido.

Beijos a todos.

sábado, 23 de julho de 2011

Flórida 2011– Fort Lauderdale – Na manhã seguinte

DSC00460Acordamos cedo e havíamos programado ir à praia, não havíamos programado qual, afinal as opções são muitas naquela parte da terra do Tio Sam.

Optamos pela famosa e badalada Fort Lauderdale, afinal estávamos há apenas 17 milhas.

Em plena segunda-feira a praia estava cheia, paramos o carro tranquilamente em um parquímetro próximo e fomos curtir o sol e a praia.

DSC00448Nossa primeira surpresa aconteceu ao entrar na areia, a praia estava repleta de avisos de cuidado com os ovos de tartaruga, a época é de desova.

Outra boa impressão que tivemos foi à transparência da água, algo que poucas vezes vi em minha vida de mergulhador profissional.

DSC00454O sol estava maravilhoso a água muito quente e nós só ali para curtir, aliás, era o que a maioria estava fazendo lá.

Uma outra coisa interessante que vimos por lá foi muita gente com detequetor de metais nas praias procurando por dinheiro e jóias.

DSC00457Ficamos lá até por volta das 13 horas, como não havíamos levado nada para beber e por lá não existem as nossas famosas barraquinhas fomos embora.

Antes de realmente voltarmos passeamos pelo calçadão onde as pessoas caminham, patinam e desfilam o seu maravilhoso bronzeado de verão.

DSC00453Outra coisa que vale muito a pena ver são os iates que desfilam nas diversas marinas, coisas que nem imaginamos os valores.

O almoço combinamos de fazer no Sawgrass Mills, mas isto vamos falar em outro post.

Não vou dar mais dicas, para isto ofereço dois lugares maravilhosos o
Viajando para Orlando e o Dicas da Gre, em ambos os locais você estará muito bem servido.

Beijos a todos.

domingo, 17 de julho de 2011

Flórida 2011– Muitas milhas até Boca Raton

DSC00357Quando o dia começou eu sabia que seriam muitas milhas, mas, não havia feito as contas para saber exatamente quantas seriam.

Tomamos nosso café da manhã cedo e partimos para o nosso primeiro trecho que seria até
Sarasota.

Na saída do Brasil soube que a surpresa seria boa, mas, fui imaginando que seria por causa das praias. Na verdade a surpresa maior se deu por conta da própria cidade.

DSC00361A cidade é toda “arrumadinha”, cheia de estilho e pelo que vimos até um pouco acima da média nos preços, mas, a experiência foi ótima.

Pena que não pudemos ficar mais tempo e ir à praia.

Nossa viagem continuou e fomos direto para
Fort Myers a idéia era conhecer o museu de Thomas Edison.

Edison utilizava esta casa como seu refugio a beira-mar durante o verão americano. A casa foi erguida em 1886 e até hoje se mantém conservada.

DSC00394Em conjunto com o museu
Thomas Edison também está o museu Ford, como as duas famílias eram muito amigas as casas foram contruídas vizinhas.

Saímos de lá fomos em direção a
Boca Raton, resolvemos nem parar para almoçar, tínhamos “tranqueiras” e refrigerantes no carro e seguimos viagem direto ao destino.

Da cidade de
Naples até Miami cruzamos a reserva indígena Seminole através de todo o Parque Nacional dos Everglades. A caminhada é boa e se não me engano mais de 70 milhas sem posto de gasolina, somente uma única parada com banheiros e maquinas de refrigerante e salgadinhos.

No resumo do dia chegamos ao hotel já passava das 18 horas e havíamos percorrido 290,5 milhas, se você não está acostumado cada milha corresponde a 1,609344 Km, fazendo a conta dirigi 467,5144 Km em pouco mais de 10 horas de viagem.

O dia não havia acabado e depois do check in no hotel tomamos um banho e saímos para jantar e procura daqui, procura dalí, procura daqui e procura dalí caímos em um restaurante chinês que só descobrimos que era um quando já estávamos a mesa.

Gente a comida era boa, mas, foi um sacrificio em termos de limpeza, entender o cardápio e a língua que eles falam, algo que parece muito o inglês.

Conseguimos jantar, mas, já era hora de jantar eu estava “moído” de verdade.

Bem fiz uma corrida bem rápida sobre nossos pontos e conforme os posts forem acontecendo eu vou falando mais.

Não vou dar mais dicas, para isto ofereço dois lugares maravilhosos o Viajando para Orlando e o Dicas da Gre, em ambos os locais você estará muito bem servido.

Beijos a todos.

quinta-feira, 14 de julho de 2011

Flórida 2011–Tampa – Sol

DSC00282O dia amanheceu e o sol estava fritando, aproveitamos para fazer o que não fizemos no dia anterior e o que tínhamos para este dia.

Começamos por
Tarpon Springs e nesta cidade, pelo menos na rua do porto, parecemos estar na Grécia. A cidade é famosa pela produção de esponjas marinhas, ela passou algum tempo sem tê-las por causa da retirada desenfreada, mas, a natureza deu uma chance e agora descobriram um novo ponto e estão cuidando melhor.

Nosso almoço seria em
Saint Petersburg, St. Pete para os DSC00306amigos. O local escolhido foi o The Pier um dos pontos mais famosos da cidade, aliás estão querendo por abaixo o local, mas, a população está se mobilizando pra que isto não aconteça.

A cidade mantém os traços de sua fundação e vários prédios antigos, vale uma boa visita sim.

DSC00311Descobrimos por lá um passeio cultural, uma Book Store com mais de 300.000 títulos entre novos e usados, o nome é
Haslam's Book Store.

Os preços são bem convidativos, saímos com vários livros entre US$ 4 e US$ 19, tanto novos como usados.

Antes de voltarmos para o hotel fomos para Clearwater Beach DSC00323Como não tínhamos certeza se conseguiríamos fazer tudo isto em um único dia não levamos roupa de banho e pelas fotos aí ao lado vocês podem ver que “dançamos”.

Voltamos para o hotel após um dia bastante corrido e escolhemos para jantar o famoso
Olives Garden de Tampa, se você estiver nos Estados Unidos procure no site deles para ver se há um por perto, você não vai se arrepender.

Bem fiz uma corrida bem rápida sobre nossos pontos e conforme os posts forem acontecendo eu vou falando mais.

Não vou dar mais dicas, para isto ofereço dois lugares maravilhosos o Viajando para Orlando e o Dicas da Gre, em ambos os locais você estará muito bem servido.

Beijos a todos.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

BlogPlay

Share your links easily.